Saiba como elevar o desempenho do seu notebook no trabalho híbrido

Com a retomada das atividades presenciais e a implementação do modelo híbrido de trabalho pelas empresas, os brasileiros têm experimentado uma realidade muito mais conectada e flexível. Para acompanhar essa nova rotina dos usuários é imprescindível que, além de um bom dispositivo móvel, sejam adotadas medidas que melhoram a usabilidade e o desempenho dos equipamentos. No caso dos notebooks, a Samsung separou dicas para os consumidores em geral, estejam eles trabalhando de casa, do escritório ou de qualquer outro lugar. Confira abaixo quais são elas:

·        Realize limpezas frequentes

Reduzir a quantidade de arquivos e programas que não são mais utilizados é uma boa maneira de garantir o alto nível de desempenho do seu dispositivo. A cada quinze dias ou mensalmente, separe um tempo para remover arquivos temporários por meio de limpeza de disco/cache e para desinstalar ferramentas e/ou programas que não usa mais. Se possível, tente também evitar um alto volume de abas abertas enquanto navega. Dessa forma, haverá redução no consumo de memória e aumento no nível de performance do equipamento.

Continuar lendo “Saiba como elevar o desempenho do seu notebook no trabalho híbrido”

Samsung cria trabalho de mentoria para micro-influenciadores no Brasil

Micro-influenciadores selecionados receberão suporte e mentoria de membros do #TeamGalaxy e figuras conhecidas do setor para criarem conteúdo original e cheio de criatividade; Empresa também terá espaço de experiência para criação de conteúdos 

Samsung anuncia nesta quarta-feira (18), um projeto que dará voz a criadores de conteúdo de todo o Brasil por meio de encontros, mentorias e um espaço dedicado a criação de conteúdo: o Samsung Creators Studio. Nele, conhecidos integrantes do #TeamGalaxy e micro-influenciadores em ascensão selecionados pela Samsung poderão trocar experiências e receber mentoria de figuras conhecidas do setor, além de terem acesso aos mais novos dispositivos Galaxy e a uma infraestrutura de ponta cheia de estilo. O projeto foi desenvolvido em parceria com a agência Leo Burnett Tailor Made.

Continuar lendo “Samsung cria trabalho de mentoria para micro-influenciadores no Brasil”

Galaxy for the Planet: novos dispositivos da Samsung refletem práticas sustentáveis

A Samsung estabeleceu um conjunto inicial de metas a serem alcançadas até 2025 para reduzir sua pegada ambiental e diminuir o esgotamento de recursos desde a produção até o descarte dos seus produtos Galaxy: o Galaxy for the Planet. E essas práticas mais sustentáveis já podem ser vistas em dispositivos recém-lançados como o tablet Galaxy Tab S8 5G, os notebooks da série Galaxy Book2 Pro1 e os novos modelos de smartphone da linha Galaxy S22 5G2.

Os aparelhos foram desenvolvidos com componentes feitos a partir de redes de pesca, que seriam descartadas no oceano e gerariam grandes ameaças à vida marinha. Dessa forma, o Galaxy Tab S8 5G, por exemplo, além de todos os benefícios que oferece, como a tela de 11 polegadas3 e recursos premium do Ecossistema Galaxy, o dispositivo ainda contribui para reduzir o impacto ambiental e os resíduos plásticos no oceano. 

Além das iniciativas nos modelos de tablets, os novos smartphones da linha Galaxy S224 5G também receberam novidades relacionadas à sustentabilidade. Todos os dispositivos da linha – que é formada pelo Galaxy S22 5G, Galaxy S22 5G+ e Galaxy S22 Ultra – contam com componentes que usam redes de pesca recicladas. Os principais componentes das teclas da linha Galaxy S22 e a tampa da S Pen(que vem incorporada ao Galaxy S22 Ultra) utilizam resinas de poliamida recicladas.

Outra novidade da Samsung são os notebooks da nova série Galaxy Book2 Pro, divulgados globalmente no último dia 27 de fevereiro, durante a Mobile World Congress, que aconteceu em Barcelona. Além de componentes em plástico reciclado, os modelos também contam com algoritmos que estendem os ciclos de vida da bateria, reduzindo o uso de energia em standby e a necessidade de substituições frequentes. Além disso, as telas AMOLED6 possuem certificação de ouro GREENGUARD para produtos ecologicamente corretos, pelo Underwriters Laboratories, por minimizar as emissões de compostos orgânicos voláteis (COV) para melhorar a qualidade do ar interno.

“A Samsung está atenta em aplicar práticas cada vez mais sustentáveis aos seus produtos e serviços, e os últimos lançamentos ilustram esse compromisso com o meio ambiente. São produtos que unem inovação e sustentabilidade para atender ao consumidor em todas as suas necessidades, sem deixar de lado a responsabilidade ambiental. Cuidar do planeta é uma tarefa de todos e essa preocupação continuará existindo. Para a Samsung, esse é apenas o começo”, afirma Sandra Chen, diretora da área de Notebook e Tablets da Samsung Brasil.

Outras iniciativas sustentáveis da Samsung

As embalagens que acompanham os produtos também são uma preocupação para a Samsung. Por isso, o novo Galaxy Tab S8 5G chega aos consumidores em embalagens de papel de origem sustentável certificadas pelo Conselho de Manejo Florestal, além de estarem mais finas, com menos uso de papel para sua produção. E os novos modelos da série Galaxy Book2 Pro usarão caixas de papel e bandejas de molde de origem sustentável. Dessa forma, a Samsung reaproveita materiais que seriam descartados e ainda contribui para a redução de emissões, gerando cada vez menos lixo em seus processos.

Já as embalagens dos smartphones também utilizam papel 100% reciclado e seus componentes, incluindo acessórios e manuais, foram fabricados mais compactos para reduzir o volume total da embalagem. Esses esforços eco-conscientes permitiram à Samsung equipar a linha Galaxy S22 5G com embalagens 56% menores em volume do que a do Galaxy S20.

Essas reduções estão entre as metas sustentáveis da empresa por meio do Galaxy For The Planet. Entre as metas a serem alcançadas até 2025 para reduzir o impacto ambiental, estão a utilização de materiais reciclados em todos os produtos móveis, a eliminação de plásticos nas embalagens e a redução do lixo eletrônico para zerar o descarte em aterros em escala global.

A Samsung conta também com o Re+, um programa de logística reversa que oferece descarte gratuito e ecologicamente correto aos consumidores da marca. Com o programa, os usuários podem descartar dispositivos de pequeno porte, como smartphones, tablets, acessórios, pilhas, baterias e peças menores, nas urnas de coleta encontradas nas lojas e assistências técnicas da Samsung. Já os produtos de médio e grande porte podem ser coletados direto na casa do cliente a partir de solicitações feitas pelo e-mail log.reverse@samsung.com. Saiba mais detalhes aqui.

* Todas as funcionalidades, recursos, especificações e outras informações do produto fornecidas nesta tabela, incluindo, mas não se limitando a, benefícios, design, preços, componentes, desempenho, disponibilidade e recursos do produto estão sujeitos a alterações sem aviso prévio.

1 Sem data de lançamento prevista no Brasil.

2 Habilitado para tecnologia 5G. A velocidade real pode variar, dependendo do país, da operadora e do ambiente do usuário. Verifique com sua operadora a disponibilidade para mais detalhes.

3 Tela medida diagonalmente como um retângulo, sem contar a área ocupada pela câmera e os cantos arredondados.

4 As velocidades de download e streaming podem variar de acordo com o provedor de conteúdo, a conexão do servidor e outros fatores. Apenas cabo USB-C acompanha. Solicite o resgate do adaptador gratuitamente através do site www.samsungparavoce.com.br/, dentro do prazo de máximo de30 (trinta) dias contados da emissão da Nota Fiscal do produto.

5 S Pen com resinas de poliamida recicladas compatível somente com o Galaxy S22 Ultra.

Apenas modelos Galaxy Book2 Pro 360. A tela Super AMOLED é uma tela AMOLED que integra a funcionalidade de tela sensível ao toque

Resso promove Carnaval digital e imersivo para os usuários curtirem em casa

Preparem os glitters, purpurinas, serpentinas e confetes! Resso, primeiro aplicativo social de streaming de música do mundo, anunciou hoje o lançamento de sua primeira campanha de Carnaval em casa, em parceria com a agência GALERIA. A experiência imersiva e digital prioriza a segurança da comunidade, e levará as pessoas músicas exclusivas do Carnaval de rua para curtirem em casa.

#BlocoResso

A campanha #BlocoResso vai dar vida aos sons de alguns dos blocos mais notórios do Carnaval brasileiro de forma 100% digital. Espetacular Charanga do França e Casa Comigo de São PauloBangalafumengaFogo e Paixão e Filhas de Gandhy do Rio de Janeiro; e Juventude Bronzeada de Belo Horizonte terão playlists próprias com músicas exclusivas e efeitos sonoros adicionais irão melhorar o ambiente, mantendo o clima de festa de rua e trazendo os sons típicos da folia de rua para a plataforma.

“Mais que um app de música, Resso é uma ferramenta de conexão entre as pessoas. E quisemos mostrar exatamente isso na campanha: não só as músicas que fazem o Carnaval, mas uma experiência imersiva. Já que, infelizmente, os bloquinhos não estarão na rua neste ano, poderão desfilar em Resso, com tudo aquilo que se escuta neles: o som das pessoas, dos vendedores ambulantes… Pra quem ouve, é como se conectar e curtir com os outros”, afirma Carlos Schleder, Diretor Executivo de Criação da GALERIA

A campanha também incentiva a interação entre os usuários por meio de comentários, uma ferramenta exclusiva da Resso que traz engajamento social à experiência de ouvir música. Thais CarlaJohn DropsLuiz MorenoDivas DepressãoMaria Clara Garcia e Dumaresq vão incentivar os usuários a contarem suas histórias de carnaval comentando as músicas, ou compartilhando sua própria experiência. Para participar, ao final do comentário devem incluir a hashtag #BlocoResso.

Os participantes também serão premiados. Todos que comentarem com a hashtag receberão um porta-retratos digital de Carnaval para seu perfil Resso, as cinco pessoas mais curtidas ganharão seis meses grátis de assinatura do Resso Premium e as três melhores levarão para casa um kit exclusivo com brindes personalizados da plataforma. Os resultados serão divulgados na primeira quinzena de março e, ao longo da campanha, haverá um ranking na página do aplicativo com o comentário mais curtido do dia anterior.

São dois anos consecutivos sem Carnaval de rua no Brasil, e faz muita falta. O #BlocoResso está levando a energia e a emoção do Carnaval aos usuários por meio de uma experiência sonora imersiva, incentivando-os a interagir e formar uma comunidade.  Essa possibilidade de socialização com o recurso de comentários é um dos grandes diferenciais de Resso”, comenta Maria Elisa Silvahead de marketing de Resso no Brasil.

Construindo uma comunidade através da música

Além da campanha #BlocoResso, a plataforma está lançando uma campanha de votação denominada “Hit do Ano” e uma batalha de playlists para incentivar a interação dentro de Resso. No “Hit do Ano“, o público poderá escolher a sua faixa preferida entre “Não Que Eu Vá”, dos Barões da Pisadinha e Parangolé; “Parada Louca”, de Mari Fernandez e Marcynho Sensação; e “Saudade e Solidão”, de Vitor Fernandes.

“Estamos muito felizes de estar concorrendo a hit do carnaval em Resso, a gente tá torcendo pra ganhar, Não Que Eu Vá fala exatamente dessa baguncinha boa que o carnaval é, Não Que A Gente Vá, mas tomara que a gente ganhe, xamaaa“, finaliza a dupla Barões da Pisadinha.

Fiquei super animada com o convite de concorrer ao hit de carnaval em Resso, ainda mais sendo uma escolha dos fãs né?! Eu, particularmente, gosto muito dessa faixa, foi uma parceria maravilhosa com o Marcynho que o público respondeu super bem e tá dançando em todos os cantos, na rua e principalmente em Resso, que é um app jovem que dá essa voz pro público, que respondeu logo de cara com a faixa.“, diz a cantora Mari Fernandez.

“Primeiramente é muito legal acompanhar a Resso, ver os comentários dos seguidores e perceber de imediato o feedback da galera com minhas músicas. “Saudade e Solidão” é uma música que está sendo bem aceita, as pessoas cantam e dançam porque a melodia e a letra representa a história de muita gente. A batida do piseiro está sempre presente e acredito muito que pode ser um hit nesse carnaval.”, comentou o cantor Vitor Fernandes.

Já na batalha de playlists, os usuários devem criar uma playlist personalizada com o tema Carnaval, contendo entre 20 e 50 músicas. As 100 melhores playlists vão ganhar seis meses de Resso Premium grátis e o top 3 das melhores, receberão também, brindes Resso.

Com todas as atividades que Resso tem para oferecer durante o Carnaval deste ano, você nem vai lembrar que está em casa!

Para ter acesso a todas as funcionalidades únicas que a Resso oferece, baixe aqui.

Ficha técnica do vídeo criado para a campanha:

CCO: Rafael Urenha

Direção Executiva de Criação:Carlos Schleder

Direção de Criação: Guilherme Rech

Supervisor de Criação: Vinícius Curi

Criação: Rodrigo Dangelo, Fábio Dread, Eduardo Cirilo

Assistente de Arte: Cauysa Costa

Atendimento: Ana Coutinho,Mariana Magalhães,Camila Prazeres,Gislene Crepe,Malu Souza e Izabel Mendes;

PR e Influência: Patricia Capuchinho,Didi Blanco,Luiza Karam,Isabella Nascimento,Larissa Barbosa

Planejamento: Pedro Cruz,Carol Mello, Thayssa Szymanskyj, Bruno Kawagoe, Victoria Bicudo, Vivian Maciel

Produção integrada: Ducha Lopes,Priscilla Sanches,Karen Nakamura,Fernanda Assato e Ana Ananias

Produção digital: Marcos Moura, Natassia Santoro

Produtora: Factory

Produtora Executiva: Jennifer Djehdian

Direção: Leo Uehara

Ilustrações: Mau Cardoso e Leandro Lassmar

Designers: Leo Uehara, Thais Perissinotto, Camilla Loureiro.

Storyboard: Gilberto Lefevre

Animatic: Leonardo Carvalho

Animação: Felipe Silva, Guilherme Vasca, Renato Fernandes, Mandu Junior.

Composição e Finalização: Leo Uehara

Produtora de Som: Satélite Áudio

Direção Musical: Roberto Coelho, Kito Siqueira, Hurso Ambrifi

Atendimento: Fernanda Costa e Juliana Correa

Produção Musical: Roberto Coelho, Kito Siqueira, Hurso Ambrifi, Mike Vlcek, Thiago Colli, Charly Coombes, Koitty.

Finalização: Carla Cornea, Ian Sierra, Vithor Moraes, Renan Marques, Arthur Dossa

Coordenação de produção: Débora Lemes, Julia Fontes e Yuri Gibin

Assistente de produção: João Piccoli

Sobre Resso

Resso é um aplicativo social de streaming de música projetado para a nova geração de entusiastas da música. A plataforma permite que os usuários expressem, se conectem e interajam com a música e os artistas com uma experiência de streaming social única. Resso opera em escritórios globais nos Estados Unidos (Mountain View), Cingapura, Índia (Mumbai), Indonésia (Jacarta) e Brasil (São Paulo).

Charles Watson fala sobre arte, tecnologia e criatividade

A convite do Instituto Ling, o educador e pesquisador britânico apresenta palestra online e gratuita no dia 13 de setembro, às 19h.

O educador e pesquisador britânico Charles Watson é o convidado da quarta aula complementar da Formação em Arte + Tecnologia, projeto realizado pelo Instituto Ling em parceria com o Tecnopuc. Com uma abordagem única e interdisciplinar, o especialista em criatividade, fluente em inglês e português, apresentará a palestra inédita Arte nos tempos de tecno-fetichismo, falando sobre o fascínio gerado pela tecnologia e mostrando o papel da curiosidade como impulso criativo. A conferência poderá ser acompanhada ao vivo gratuitamente no dia 13 de setembrosegunda-feira, a partir das 19h, em plataforma digital. Para participar, basta fazer inscrição prévia e sem custo no site www.institutoling.org.br.
 
Durante o encontro, o educador discutirá com o público a percepção de que a tecnologia demasiado intrusiva na arte pode ser um sinal de fracasso e de uma possível falta de conteúdo na obra de arte em si. “Toda arte envolve e sempre envolveu tecnologia, desde as primeiras manifestações da pintura rupestre até os últimos exemplos de arte digital, realidade virtual e algoritmos evolutivos. Embora novas tecnologias sempre tenham sido importantes em forjar novas direções no desempenho criativo, é a capacidade dos indivíduos de ver o seu potencial oculto que realmente faz a diferença”, explica Watson. “Apesar de Leonardo da Vinci ser indubitavelmente fascinado pela tecnologia ao seu dispor, não foi o pincel, a pena ou o papel que o fizeram grande (eram apenas as ferramentas que usava), mas sua insaciável curiosidade pelo mundo ao seu redor e seu implacável impulso de levar sua pesquisa às últimas consequências”, completa o pesquisador.
 
A Formação em Arte + Tecnologia tem convidado intelectuais e profissionais de diferentes áreas para contribuírem com novos olhares sobre ambos os assuntos. Os encontros já realizados, com o advogado Rodrigo Azevedo falando sobre propriedade intelectual, o neurologista André Palmini explicando as relações entre criatividade e neurociência, e a Doutora em História, Teoria e Crítica de Arte Bruna Fetter abordando os ecossistemas da arte e as suas relações com a tecnologia estão disponíveis no canal do YouTube do Instituto Ling (www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural/videos).
 
Para os próximos meses, já estão confirmadas outras quatro conferências: Web Arte na Arte contemporânea, com a Profa. Dra. Maria Amelia Bulhões (27 de setembro); A Produção de Sentido do Pensamento, da Economia e dos Ecossistemas Criativos, com o empreendedor Cesar Paz (6 de outubro); Políticas da Imagem, com a professora Giselle Beiguelman (18 de outubro); e Arquitetura de Experiências, com Felipe Reif e Marcelo Pontes (8 de novembro). A programação é uma realização do Instituto Ling e do Ministério do Turismo / Governo Federal, com patrocínio de Crown Embalagens e Fitesa.
 
Sobre Charles Watson
Charles Watson é formado pela Bath Academy of Art, Inglaterra. É professor da EAV Parque Lage, onde foi vice-presidente, participante do conselho de direção e coordenador do núcleo de pintura. Dirigiu o Prêmio Johnnie Walker de Arte Contemporânea e foi diretor no Centro de Arte Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro. Foi avaliador de portfólios para Universidade das Artes de Londres, como Central St. Martins, Camberwell, Chelsea, London School of Fashion, London School of Design. Foi instrutor e palestrante sobre o processo criativo para diversas empresas e instituições, incluindo Globo, Natura, Ipiranga, Dow Chemical Brasil e Vale do Rio Doce, e é idealizador e diretor do projeto Dynamic Encounters International Art Workshops.
 
 
SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ONLINE – ARTE
Arte nos tempos de tecno-fetichismo, com Charles Watson
Aula complementar da Formação em Arte + Tecnologia
Dia 13 de setembro, segunda-feira, às 19h, em plataforma digital
Gratuito, mediante inscrição prévia no site www.institutoling.org.br